Feliz Natal e abençoado Ano de 2018

O nascimento de Jesus, em Belém de Judá, realiza as antigas promessas de Deus a seu povo eleito e se revelou como “luz das nações”. Deus, na sua misericórdia, tomou a iniciativa e veio até nós, encurtando as distâncias. Nasceu pobre entre os pobres e quer ser identificado nos pobres. Por isso, a Repam faz uma clara opção pelos pobres. Opção pelos povos originários da Amazônia e por todos os sofridos, marginalizados, explorados e descartados daquela região. O Papa Francisco nos fortalece nesta missão, ao anunciar um Sínodo Especial para a Pan-Amazônia.  Por isso, “cantamos um cântico novo” ao Menino-Deus e nós, da Repam, queremos ser seus discípulos e discípulas, missionários “em saída”, rumo a todos os injustiçados da Pan-Amazônia, assumindo, em especial nesta região, o cuidado da nossa “casa comum”, hoje tão ameaçada, deteriorada, degradada e explorada pela ganância e irresponsabilidade humana. O próximo ano exigirá da Repam um esforço especial, em vista do sínodo. A luz do Natal nos ilumine e abençoe!
 
Cardeal Dom Cláudio Hummes
Presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia e da Repam