Ao Vivo
 
 

Igreja

Evangelizar a partir das culturas dos povos indígenas

Evangelizar a partir das culturas dos povos indígenas

por Cristiane Murray Questão indígena, comunidades sem Eucaristia e problemática ecológica: estes, segundo Dom Erwin Krautler, bispo emérito de Xingu e membro da REPAM, Rede Eclesial Pan-Amazônica, são os três maiores desafios que o Sínodo para a Pan-Amazônia, convocado pelo Papa para 2019, deve enfrentar. Do encontro, devem emergir luzes para um novo tipo de evangelização, considerando as realidades dos 9 países que compõem a região. A expectativa é que o Sínodo abra novos caminhos, em comum acordo, em vista destes três aspectos. Neste espaço, Dom Erwin analisa a questão indígena e as dificuldades que a Igreja enfrenta e que os próprios povos vivem. “O Papa fala de uma Igreja com rosto amazônica: esta é uma missão que nós queremos cumprir. Temos que pensar em que tipo de pastoral deve ser feita para os povos indígenas, que tipo de evangelização. Devemos distinguir entre povos secularmente cristianizados e povos que ainda estão com a sua religião nativa: que aproximação temos com os povos que ainda não receberam a mensagem do Evangelho”. “Nós falávamos sempre ‘evangelizar as culturas’, eu digo: ‘evangelizar a partir das culturas’, porque Deus está presente nas culturas dos povos indígenas. Importa descobrir as sementes do Verbo nestes povos, é o ponto de partida para esta evangelização. Não é colocar simplesmente o pacote de dogmas em cima dos povos indígenas, mas aproximar-nos a eles com a proposta profunda do Evangelho, que de certa maneira, já tem sua raiz nos povos indígenas”. Fonte: Radio Vaticano
Campanha Missionária 2017: A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída

Campanha Missionária 2017: A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída

Começou neste domingo o Mês das Missões e a Campanha Missionária 2017. Em 14 de abril de 1926 o papa Pio XI, oficializou o penúltimo domingo de outubro como Dia Mundial das Missões no qual, as paróquias do mundo inteiro são convidadas a rezar e fazer uma coleta especial em favor das missões.Este ano, a coleta será feita nas celebrações dos dias 21 e 22 de outubro. “A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída”, este é o tema da Campanha Missionária 2017. O lema, “Juntos na missão permanente”, reforça a importância de caminharmos unidos, como Igreja, Povo de Deus e anunciar a Boa Nova em todos os tempos e lugares. Acesse e baixe aqui todos os materiais da Campanha Missionária 2017 Este foi também, o tema do 4º Congresso Missionário Nacional realizado nos dias 07 a 10 de setembro, em Recife (PE). O tema da Campanha Missionária nos motiva a intensificar iniciativas de animação e cooperação missionária em todo o mundo. O objetivo é rezar pelas missões, despertar vocações missionárias e realizar a Coleta no Dia Mundial das Missões. Acompanhe os testemunhos da Novena 1º Dia da Novena: "A Campanha Misisonária". 2º Dia da Novena: "A Alegria do Evangelho" 3º Dia da Novena: "A alegria dos missionários que chegam" 4º Dia da Novena: "Igreja em saída" 5º Dia da Novena: "O testemunho das crianças" 6º Dia da Novena: "Esperança e profetismo" 7º Dia da Novena: "Missão nas periferias" 8º Dia da Novena: "Amazônia em saída" 9º Dia da Novena: "Juventude em saída" O cartaz da Campanha Missionária destaca a alegria do Evangelho e a Igreja que caminha unida. A arte mostra a Igreja, Povo de Deus, formada por diferentes sujeitos da missão, de diversas idades e etnias. Todos caminham juntos, depois de terem sido encontrados por Jesus Cristo, como Igreja em saída, ad gentes, enviada a testemunhar a alegria do Evangelho. O povo traz a Palavra de Deus, fonte da missão. Carrega também, a Cruz das missões jesuíticas, que marcou a Bolívia e toda a América Latina, no processo de evangelização. Este é o principal símbolo do 5º Congresso Missionário Americano (CAM 5). A alegria tem a sua motivação mais profunda no encontro com Cristo ressuscitado. A presença de Jesus sempre provoca muita alegria! Oração do Mês Missionário Deus de misericórdia, que enviaste o Teu Filho Jesus Cristo e nos sustentas com a força do Espírito Santo, ensina-nos a caminhar juntos e, a exemplo de Maria, nossa Mãe Aparecida, na celebração dos 300 anos do encontro da imagem, sejamos, em toda a parte, testemunhas proféticas da alegria do Evangelho para uma Igreja em saída. Amém. Fonte: POM